Secretário do Meio Ambiente Bruno Covas recebe representantes de ONGs e protetores independentes

Lito Fernandez, Vicente Dafine, Mariana Aidar, Bruno Covas, Luciane Sarraf, Cida Candido e Fábio Pegrucci: reunião define ações que visam coibir abandono de animais e maior preparo no atendimento de denúncias sobre maus tratos a animais


Por Cida Cândido 

Na última sexta-feira (27), uma comissão de representantes de Ongs e protetores independentes foi recebida em audiência pelo Secretário do Meio Ambiente de São Paulo, Bruno Covas.

O convite para a reunião foi feito pelo próprio secretário, após responder a um questionamento no twitter sobre a responsabilidade por parte da Polícia Ambiental em atender ou não flagrantes de maus-tratos a animais. Segundo Bruno Covas, após consulta ao Coronel Nomura (Comandante da Polícia Ambiental), tanto a Polícia Ambiental, quanto a Militar têm obrigação de atender esses casos.

A afirmação gerou repercussão por parte de alguns protetores, que a questionaram e alertaram sobre a dificuldade do atendimento por parte desses órgãos e da negativa em alguns casos.

Estiveram presentes: Vicente Dafine, diretor da Ong Cão Sem Dono; Mariana Aidar, protetora independente; Lito Fernandez, presidente da Ong Associação Natureza em Forma e do Centro de Adoção Natureza em Forma; Fábio Pegrucci, do grupo voluntário Os Cães do Parque; Luciane Sarraf, idealizadora do Projeto Celebridade Vira-Lata e Cida Cândido, assessora de imprensa.

Na pauta, questionamentos sobre a ação da Polícia Ambiental no atendimento de denúncias e de seu preparo para atender a demanda de chamados que vêm aumentando a cada dia. Também foram discutidas as formas de atuação da Secretaria do Meio Ambiente na questão do abandono de animais em áreas administradas por ela, como parques públicos e unidades de conservação.

Após deliberação, o secretário delegou às suas assessoras que tomassem providências referentes à produção de uma cartilha educacional, envolvendo animais silvestres e domésticos (cães e gatos), que deverá ser utilizada em campanha de conscientização contra o abandono em parques, terminais de ônibus, estações do Metrô e da CPTM. Também, em atendimento a uma antiga reivindicação dos protetores, deverão ser produzidas faixas institucionais a fim de coibir a prática do abandono de animais nesses locais, assim como em estradas – foram citadas a Estrada de Itapecerica, do Alvarenga, de Santa Inês, entre outras.


Sugestões para material institucional apresentadas ao secretário Bruno Covas pelos Cães do Parque, para campanha a ser realizada nos parques públicos e unidades de conservação:






Outra ação a ser realizada, será o agendamento de um encontro com representantes da Polícia Ambiental e da Secretaria dos Transportes, para que sejam traçadas estratégias para enfrentamento do problema.

Do encontro, a comissão saiu com a certeza de que uma mudança de conceito, há muito defendida pelos protetores de animais, está ocorrendo: animais urbanos em situação de abandono são, sim, uma questão de meio ambiente – e como tal devem ser encarados. 




O engajamento da Secretaria do Meio Ambiente do Estado de São Paulo na questão, abrindo suas portas para ouvir sugestões e reivindicações, sinaliza essa mudança: e ações encampadas por um órgão do poder executivo e de abrangência estadual podem significar um importantíssimo apoio a todas as entidades, grupos voluntários e cidadãos que, voluntariamente, abraçam essa missão.


3 comentários:

  1. Parabéns pela iniciatica da comissão, como cidadã, amante dos animais e servidora pública concordo que o bem-estar de toda forma de vida, principalemnte a vida sensciente, é uma questão de ética, juridicamente tutelada. É dever de toda a sociedade zelar pelo meio ambiente, o que inclui a proteção dos animais, cabendo ao poder público a afirmação e a promoção desses valores. Todos os seres têm direito à vida digna.

    ResponderExcluir
  2. Teresa Cristina André3 de fevereiro de 2012 05:59

    Muito bem, Sampa, dando uma aula de cidadania! Oxalá aqui no Rio tenhamos algum candidato preocupado com essas questões.

    ResponderExcluir
  3. PARABENS PRA MINHA TERRA, SAMPA, PELA EVOLUÇÃO QUE O MUNDO TODO DEVERIA TER.

    EXEMPLO DE ESTADO

    ResponderExcluir