Dudu, Benê, Laurinha ... e a mãe deles!


A história foi mais ou menos a seguinte: na vizinhança onde mora a Alessandra, dos Cães do Parque, uma pessoas tinham uns cães em casa. Mas, mais ou menos no final de Novembro de 2011, se mudaram e ... os largaram na rua. Essa é uma ocorrência tão comum que já se torna algo repetitivo.

Sem querer nos aprofundar sobre análises sobre a canalhice humana em relação aos animais que, em tese, são de 'estimação', vamos apenas contar que entre eles, para complicar um pouco mais, havia uma cadela prenha, prestes a dar à luz.


A quase-mãe foi precariamente abrigada e, poucas semanas depois, no início de Dezembro, teve sete filhotes. Quatro deles, muito fraquinhos, não resistiram aos primeiros dias após nascidos. Apenas três sobreviveram, dois machos e uma fêmea.

Os cachorrinhos, com 20 dias.
Com 60 dias, quase prontos para adoção.

Com cerca de 60 dias de nascidos, tornou-se urgente que os pequenos deixassem o local onde nasceram e estavam abrigados com sua mãe: o lugar era precário e a segurança deles estava em risco.

Dudu, Benê e Laurinha

Já batizados como Dudu, Benê e Laurinha, foram fotografados e ganharam um vídeo clip feito especialmente para eles.






O vídeo de Dudu, Benê e Laurinha





Já com castrações agendadas e com a certeza de que seriam adotados com facilidade, no início de Fevereiro de 2012, os filhotes seguiram para um lar temporário: a Nanda e a Vanessa, que nós nem conhecíamos e que nos foram apresentadas pelo Facebook, aceitaram a missão de ajudar na última etapa da preparação dos cachorrinhos para que fossem adotados.

Nanda e Vanessa: lar temporário


Anunciados, os filhotes tiveram muitos candidatos. Os adotantes escolhidos os receberam em casa e o corre-corre das entregas ficou a cargo da Heloísa e do Wesley, já apoiadores de missões anteriores.

Os filhos da Andréa com o Dudu, em 12.02.2012.
Em 12.02.2012, a Ivna adotou a Laurinha
Isabella e sua família receberam o Benê em 18.02.2012
Quando temos que escolher entre vários candidatos quais devem receber os bichinhos anunciados, sempre nos cercamos de todos os cuidados para fazer as melhores escolhas. Como se vê, numa história como essa, desde a assistência à cachorrinha prenha, até a entrega dos filhotes, muita gente trabalha, se preocupa, se envolve, emprega tempo e recursos. Das famílias que os receberam, esperamos que possam lhes dar vidas felizes - e que eles também lhes façam muito felizes.

Não, não nos esquecemos da mãe dos pequenos e a adoção dela foi a mais especial. Porque ela foi morar com alguém que não a quis pela 'beleza' e que nem fazia questão de um filhote. A Eliza, que nos acompanha pelas redes há tempos, nos pediu para adotar "um cão que precisasse", independente de idade, sexo, aparência ou porte: e isso é raro, muito raro.

A mãe dos bebês, agora chamada Belinha, recebida pela Eliza em 11.02.2012
E a mãezinha lá do começo da história, abandonada na rua de barrigão, era uma que precisava - e muito. Com apoio do João Vieira - mais um colaborador a participar da ação - foi levada para seu novo lar.

Batizada de Belinha, foi recebida em 11 de Fevereiro de 2012: e a parte acidentada de sua vida, temos certeza absoluta, terminou.

9 comentários:

  1. Teresa Cristina André3 de fevereiro de 2012 05:53

    Fofinhos demais! Hoje tenho consciência q jamais poderia ser uma voluntária de lar temporário. Me diga como iria me desfazer de crianças tão fofinhas? Como me separar de pessoinhas q já me cativaram e estariam dentro do meu coração? Qual o segredo dessa missão impossível? Mais uma vez PARABENS pela sua dedicação, vocês são foda!
    Bjssssss

    ResponderExcluir
  2. Eu tb gostaria de saber como mesmo amando os animais com todas as forças, ainda assim vcs conseguem se despedir dessas fofuras. Deve ser triste, não é? Mas gratificante ao mesmo tempo por saberem que mudaram a vida deles para melhor. PARABÉNS a vcs!

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Eu Quero a Laurinha uhul !!!
    Eu Prometo que cuido bem dela !
    Nay_spbr@hotmail.com

    ResponderExcluir
  5. Olá enviei um email a vocês....gostaria de saber o tel de vcs...

    Fiquei interessada na Laurinha...

    Wanessa

    ResponderExcluir
  6. Boa noite, não me canso de elogiar o trabalho de vcs!!! Bom estou apaixonada por esse foçinho do Dudu, na verdade por ele tod. Mandei um e-mail para vcs pois fiquei super interessada para ter mais um filhinho em casa. Todos são fofos, mais uma vez parabéns e que todos encontrem famílias maravilhosas!

    ResponderExcluir
  7. Pessoal, Fui mãe temporária desses lindos por 10 dias! Sem dúvida é bem trsite dizer adeus! Chorei, óbvio, senão não seria eu...Mas a sensação de saber que fui importante na história deles, de saber que ajudei o final feliz...Não tem preço. Ficam as milhares de fotos, as lambidas, um cheirinho de pipi no ar (hahah) e muitas lembranças boas! Dar Lt tb é tudo de bom!!!!!!

    ResponderExcluir
  8. Eu Quero o Dudu..cuidarei muito bem deles...mais tem um problema ( creio q seja um problema ) moro no interior de São Paulo, São Carlos, peço que entre em contato para acertar detalhes e se nao conseguir o Dudu, gostaria de ficar com Benê sem problemas...Aguardo ancioso !

    email: zem_rnt@hotmail.com
    email²: renatohenriquefrigo@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  9. Queria tanto a laurinha!

    ResponderExcluir